Página Inicial Análises Análise | Review de Gotham Knights: vale a pena?

Análise | Review de Gotham Knights: vale a pena?

Batman está morto; agora é a vez da Batfamília continuar seu legado

por Franklin Magno
Publicado em Atualizado em 10 minuto(s) de leitura
A+A-
Reset

Após completar a história durante essa semana de lançamento, pude me divertir bastante jogando Gotham Knights, título de grande duração dependendo de como você joga, o que no meu caso levou a mais de 40 horas de jogatina até completar a campanha em paralelo com todas as outras missões de vilões, como Arlequina, sem pressa alguma.

Gotham Knights

História

Desde seu anúncio, o que mais me chamou atenção é o simples fato de que você não joga com o Batman e sim com a Batgirl, o Asa Noturna, Robin e Capuz Vermelho, afinal, Batman está morto e é a vez de sua família assumir o controle total e proteger Gotham. Por essa razão o melhor de Gotham Knights é sua história, que é original para o jogo. Os personagens se desenvolvem bem entre eles, lidam com o luto e lutam contra novos inimigos quanto mais avançam na investigação final. A campanha me despertou bastante interesse do começo ao fim, principalmente nas missões paralelas de vilões, que tem ritmos muito bons, principalmente com a maluca da Harley Quinn.

Poder alternar entre os personagens durante a campanha toda vez que estiver no Campanário traz ao jogador uma ótima experiência e mudança no seu estilo de jogo, caso assim queira e esteja cansado ou curioso, deixando a furtividade um pouco de lado e focando num estilo de combate mais frontal e vice-versa, até encontrar seu personagem favorito.

Durante suas noites de vigília, impeça ondas de crime pela cidade e encerre o último caso de Bruce. Mas não tema, há muito a ser feito.

Gotham City

Gotham Knights

Gotham é grande, tem uma atmosfera muito boa e o jogo por si só é bem bonito. Para alguém que não se importa tanto para gráficos, como se a indústria AAA hoje não conseguisse entregar algo bem trabalhado, considero exagero quando falam que o jogo é feio. Percorrer pela cidade do crime durante qualquer clima, embora chuvoso sempre deixa a cidade melhor, dá ao jogador uma ótima imersão. Vale citar que joguei Gotham Knights em 1080p na qualidade média, o que implica na qualidade gráfica da captura de tela acima e em como você poderá rodá-lo seguindo os requisitos mínimos do jogo.

Além disso, Gotham conta com cinco facções e diferentes tipos de crimes para lidar durante as noites, além de inúmeros colecionáveis espalhados pela cidade. O número de inimigos por facção é satisfatório, embora em alguns casos o design opte pelo fácil ao alterar somente cor. No entanto, após certo tempo de jogo, torna-se repetitivo continuar combatendo os mesmos crimes e tarefas, até decidir rejogar no modo novo jogo+, que aumenta o limite de nível de 30 para 40.

Embora jogado na dificuldade normal, o avanço da campanha requer mais atenção durante os combates, apresentando em alguns casos um desbalanceamento bizarro de nível de missão com o de inimigos. Esse desbalancamento ocorre por exemplo durante algumas das missões finais e confesso que é cansativo.

Combate, ferramentas e habilidades

Particularmente gostei do combate de Gotham Knights. Um dos principais motivos para isso é a escolha de estilo de jogo por personagem, além, é claro, do uso de habilidades individuais e de impulso, que cada cavaleiro tem a oferecer. Como gosto de jogar mais na furtividade, a Batgirl é a escolha perfeita.

Apesar disso, um problema recorrente do combate do jogo é a compensada entre os golpes que as animações tendem a fazer, bem além do que estou acostumado jogando alguns dos jogos da série Batman Arkham. Outro fator é a câmera que diversas vezes atrapalhou e me deixou perdido, já que não é possível travá-la em inimigos específicos em momento algum, e alguns cenários tendem a ser problemáticos.

Nem o gancho escapou também. Às vezes, saltar e depender do gancho para locomover pela cidade pode ser um problema, principalmente durante as corridas, uma vez que o local de uso do gancho não vai se ajustar de acordo com sua câmera e sim com a posição do personagem. Foram muitas vezes das quais o simples uso do gancho deixou a desejar.

Um dos melhores meios de locomoção, além da viagem rápida, apresenta uma direção ruim. Batmoto possui uma dirigibilidade difícil de controlar, o que dá para viver com isso, e é um dos motivos para problemas de desempenho, ao menos no PC, que oscila o uso da GPU principalmente enquanto pilota a moto.

Qual equipamento usar?

Gotham Knights

Gotham Knights possui a criação e uso de traje, arma corpo a corpo e de longo alcance. Com isso em mente, você coleta recursos ao jogar e completar desafios, tarefas e abrir baú, entre outras ações. Esses recursos são usados para a criação desses equipamentos. E obviamente, usam níveis e raridades diferentes, com habilidades vinculadas ao traje e uso de modificadores em todos os equipamentos, também podendo usar outro visual caso o traje atual não lhe agrade, mas as habilidades sim.

Portanto, para um jogo de super-herói e principalmente cooperativo, é ótimo ver o quanto de detalhes deram aos trajes do jogo. Gotham Knights possui 14 diferentes tipos de trajes, com o Pacote Visionário incluso. Conforme mostrado na captura de tela acima, é possível mudar a cor, o tipo de capuz, emblema, luvas e botas do conjunto de armadura não personalizado. É possível criar uma combinação do seu gosto, com toda certeza.

Cooperativo, IA e dublagem

Gotham Knights tem foco também no cooperativo, podendo jogar todo o jogo com um amigo, e assim realizar combos e habilidades juntos. Das poucas vezes que joguei nesse modo, em sessão pública, não tive problemas de conexão e lags. Além disso, no final de novembro, Gotham Knights receberá um modo cooperativo de até 4 jogadores separado da campanha principal, de acordo com a notícia oficial.

Infelizmente, a IA de Gotham Knights é problemática, piorando ainda mais após primeiros patches de pós-lançamento. Fora os clássicos inimigos míopes, diversas vezes encontrei durante o combate inimigos simplesmente congelados, até quando estão com vidas zeradas, o que irá te impedir de completar ou facilitar pra caramba o crime que estiver lutando contra no momento.

Por outro lado, a qualidade da dublagem é ótima, o que é de se esperar dos títulos da Warner, porém saiba que há cenas em que a sincronia labial do jogo simplesmente fica horrível, e não somente da dublagem, mas efeitos sonoros ao longo delas também são afetados. Algo que pode estragar a experiência para alguns, como foi no meu caso.

Mas e aí, vale a pena jogar Gotham Knights?

Gotham Knights

Em suma, sim, no entanto, infelizmente Gotham Knights merecia mais tempo de desenvolvimento antes de seu lançamento, já que até o momento o título oferece diversos problemas de otimização, tanto para PC quanto consoles da geração atual, além de problemas como crashes (PC), bugs que estragam a experiência, até na IU (interface de usuário) e outros fatores já citados anteriormente.

Por esse principal motivo, recomendo aguardar, se possível, por atualizações de desempenho e correções, que devem ser lançadas pelas próximas semanas, antes de comprar e jogar. Os problemas, se aparecem para você, irão comprometer sua experiência. Fica nítido o quanto o jogo precisava de mais tempo.

Se considerar o preço cobrado pelo título, assim como qualquer outro jogo, acredito que R$ 300 é um preço muito elevado se considerar diversos fatores. No entanto, a decisão de compra final é sempre de cada um. De qualquer forma, esteja ciente de que a edição Deluxe Edition, que contém apenas o Pacote Visionário, além de cara, não vale a pena, afinal, os cosméticos podem muito bem ser ignorados, já que são a maior parte do DLC. O título não conta com nenhuma microtransação dentro do jogo.

Gotham Knights está disponível atualmente para PlayStation 5, Xbox Series X|S e PC, através da Steam e Epic Games Store.

A cópia de Gotham Knights para criação desta análise foi cedida pela Warner, e agradeço por esse suporte. Saiba que isso, no entanto, não influencia na minha opinião final a respeito do jogo.

Obrigado por ter lido até aqui. Espero que esta review tenha lhe ajudado de alguma forma, sério!


Gostou do que leu? Acompanhe a gente nas redes sociais!

Siga Magnaway onde achar melhor: estamos no , , e na .

Usamos cookies para aprimorar sua experiência, como permitir veiculação de anúncios e manter preferências. Aceitar Conferir Política de Privacidade de Magnaway