Página Inicial Análises Review | Análise de Fall Guys: o que faz um jogo de sucesso

Review | Análise de Fall Guys: o que faz um jogo de sucesso

por Marina M.
Publicado em Atualizado em 10 minuto(s) de leitura
A+A-
Reset

Battle Royale é um gênero que tem jogos lançados todos os dias. Do sucesso estrondoso de PUBG e Fortnite para as inúmeras variações com garotas anime, zumbis, animais e quase tudo que se possa imaginar, seria difícil prever que outro jogo alcançaria algum feito se aproveitando do gênero.

Foi então que Fall Guys: The Ultimate Knockdown pegou todo mundo de surpresa, conquistando 1 milhão e 500 mil jogadores em 24 horas de lançamento. Para entender o que levou o jogo do estúdio Mediatonic e distribuído pela Devolver ao sucesso, confira nossa análise e os aspectos que reforçam a qualidade do título.

Fall Guys

Casualidade = mais diversão

Para quem não sabe, Battle Royale é um gênero competitivo no qual dezenas de jogadores batalham ao mesmo tempo para que apenas um tenha o título de vencedor. Na maioria dos jogos, existem armas espalhadas por um mapa que vai diminuindo de tamanho, o que força os participantes a se enfrentarem.

Dessa perspectiva, é necessário bastante habilidade para ser o último de pé, desde a movimentação cautelosa até mirar e matar os oponentes. Fall Guys: The Ultimate Knockdown subverte essa premissa. Sessenta jogadores se enfrentam indiretamente, precisando atravessar mapas repletos de obstáculos, participar de brincadeiras em equipe (como futebol), descobrir quais portas são verdadeiras para atingir a linha de chegada e daí em diante.

A cada prova participantes são eliminados, sendo necessários 4 ou 5 cenários diferentes para consagrar um vencedor. O clima de guerra predominante em outros títulos é substituído por um cenário colorido, trilha sonora contagiante e roupas fofas para os personagens, o que culmina numa atmosfera engraçada e animada.

Fall Guys

As fases são altamente intuitivas, baseando-se em comandos simples como andar, pular e desviar de obstáculos. Na tela de carregamento sempre está escrito o objetivo do nível. Assim, qualquer pessoa com o mínimo de experiência em jogos de plataforma consegue entender perfeitamente o jogo desde a primeira vez em uma fase.

No momento, é possível participar de competições com até 3 amigos. A conveniência de apertar enter na tela principal e entrar numa nova partida faz com que seja fácil ficar obcecado: depois de horas de jogatina não consegui uma vitória suprema, mas chorei de dar risada com meus amigos.

Divulgação: bom de jogar e assistir

A Devolver, distribuidora do título, é famosa pela curadoria de títulos indie de sucesso, como Hotline Miami e Enter the Gungeon. Além de divulgar o título de forma irreverente nas redes sociais e mídia, a decisão de deixar o jogo grátis para assinantes da PSPlus foi crucial para sua decolagem.

Donos de PlayStation 4 precisam pagar uma assinatura para jogar online e ganham 2 jogos por mês para acrescentar à biblioteca. Trazer um jogo novo gratuitamente fez com que os downloads disparassem e rapidamente o jogo ficasse conhecido.

Fall Guys Twitter
“Contando para um amigo sobre a primeira vez em que você ganhou a coroa

É sempre um movimento ousado disponibilizar um jogo de graça, já que a desenvolvedora e todos os envolvidos no jogo precisam de dinheiro. Mas, além de oferecer um título com qualidade, o fato é que Fall Guys conquistou milhares de visualizações na Twitch, plataforma de streaming, já que assistir as partidas é muito satisfatório.

Tudo é cercado por uma aura de caos controlado, em que a aleatoriedade têm presença o suficiente para proporcionar momentos divertidos sem causar frustração. De rivais malignos que jogam você para fora da plataforma no último segundo a quedas que tinham tudo para dar errado mas dão certo, você pode assistir seu streamer favorito ou um amigo sem microfone: todo o carisma do jogo dá conta de entreter e criar situações memoráveis.

Sistema de progressão e monetização inteligente

Atualmente, não é surpresa que um bom sistema de progressão faça um jogo se tornar mais atraente – é algo que já comentei na análise de Muse Dash. Ao invés de deixar o jogador à esmo, basta fazer com que ele acumule pontos de experiência e desbloqueie recompensas. De repente, uma partida se torna duas ou três para que você cumpra os objetivos que o jogo propõe e alcance um patamar específico.

Não foi à toa que jogos como Brawlhalla implementaram passes de batalha depois de anos na ativa. Em Fall Guys, acumular moedas ou coroas (concedidas a quem fica em primeiro lugar) concede skins: basicamente, roupinhas para seu personagem.

Fall Guys

Ele pode se tornar um dinossauro, jogador de beisebol, coruja de óculos e muitas outras coisas: quanto mais você joga, mais fantasias pode colecionar. Existem ainda pacotes pagos de skins, ou seja, você pode investir dinheiro e simplesmente conseguir mais roupinhas. E por que essa monetização é super inteligente?

Em primeiro lugar, é de conhecimento comum que muitos jogadores gostam de customizar seus personagens. Jogos como League of Legends arrecadam quantias obscenas de dinheiro todos os dias dessa forma. Em segundo lugar, ficar estiloso não intefere no seu desempenho.

Fall Guys

Portanto, essa é uma oportunidade de tornar o jogo lucrativo sem que o jogador mediano se sinta obrigado a injetar dinheiro para se sair melhor, ou mesmo fique comprando loot boxes sem ter ideia do que vai ganhar. Atualmente existem duas DLCs com pacotes de cosméticos e é possível ver as fantasias exclusivas em quase todas as partidas.

Otimização e problemas de conexão

Eu tenho um PS4, e essa é minha única chance de jogar títulos triple A. Para a maioria das pessoas, um computador com desempenho excelente está longe da realidade, e foi pensando nisso que Fall Guys: The Ultimate Knockdown lançou um jogo bastante otimizado, com menos de 1GB de tamanho. Na contramão de lançamentos com espaço na memória e atualizações gigantescas, um computador mediano consegue rodar Fall Guys sem problemas.

Mesmo assim, os gráficos e animações não deixam a desejar, com variedade de cores e roupinhas para os personagens que são de encher os olhos. Além disso, o título está trabalhando com outras desenvolvedoras para lançar edições limitadas de skin, como do jogo Portal (Valve) e My Friend Pedro (Deadtoast Entertainment). O título capricha em seus adereços e cenários sem deixar de ser acessível.

Fall Guys
Uma das minhas muitas desconexões durante o feriado

Entretanto, nem tudo são rosas. Após uma semana de um lançamento muito mais estrondoso do que o esperado, os servidores não estão dando conta do fluxo de jogadores. É comum ser desconectado e, infelizmente, perder a experiência e recompensas adquiridas numa partida. Além disso, a popularidade de um jogo online sempre atrai hackers, e é comum que você veja uma pessoa voando por cima do mapa direto para a linha de chegada nas partidas pelo PC.

Os desenvolvedores estão se comprometendo a instaurar um sistema anti-cheat mais eficiente, bem como a investir nos servidores para evitar esse tipo de dor de cabeça. Por ser um título novo, acredito no potencial de melhoria nestes aspectos, mas é importante apontar que eles estão presentes no momento. Por enquanto não há modo de jogo cooperativo ou offline, mas a Mediatonic também está de olho nestas demandas e promete novidades.

Conclusão

Até eu, que não sou tão fã de jogos competitivos, fui facilmente seduzida pelas qualidades de Fall Guys: The Ultimate Knockdown. Entre corridas contra batatas fritas gigantes e jogos da memória mortais, fica minha recomendação de um título excelente e que saiu do nicho indie para conquistar o mundo.

Fall Guys está disponível para PC, Nintendo Switch, Xbox e PlayStation. Confira o site oficial de Fall Guys.

Gostou do que leu? Acompanhe a gente nas redes sociais!

Siga Magnaway onde achar melhor: estamos no , , e na .

Usamos cookies para aprimorar sua experiência, como permitir veiculação de anúncios e manter preferências. Aceitar Conferir Política de Privacidade de Magnaway