Página Inicial Análises Review | Análise de Trails of Cold Steel III: nova era, nova geração de heróis!

Review | Análise de Trails of Cold Steel III: nova era, nova geração de heróis!

por Neco
Publicado em Atualizado em 5 minuto(s) de leitura
A+A-
Reset

Tal como parte de sua espécie, entre os quais, p. ex., há a série Persona e Tales of, este terceiro título da franquia The Legend of Heroes apresenta vigor e robustez exemplares. A exemplo de um JRPG com longevidade, excetuando a campanha rica e o sistema de combate consistente, Trails of Cold Steel III encerra conteúdo opcional significativo. Entretanto, também há o outro lado da mesma moeda: tendo em vista o longo tempo médio de jogo, esse acréscimo pode se tornar um excedente. Ainda assim, a Nihon Falcom e a NIS America, Inc., desenvolvedora e distribuidora, respectivamente, acresceram mais uma boa obra à franquia e ao acervo ocidental de jogos localizados.

The Legend of Heroes: Trails of Cold Steel III

A trama é envolvente, um pouco sombria e delicada, e a torrente é satisfatória, só que emperra por ser lenta; quanto ao mais, os personagens, em ritmo com a excelente dublagem, exprimem-se com clareza – a maioria – e certamente conferem diferencial aos acontecimentos. Sendo a sequência de seu predecessor, Trails of Cold Steel II, a história progride a partir do último ponto que fora delineado pela pena do autor: o fim duma guerra civil.

Rean Schwarzer, um famoso herói local, amplamente aclamado como Ashen Chevalier, é primordialmente o protagonista. Uma vez graduado, ele é designado para atuar como professor em uma instituição remota da Thors Academy; contudo, o seu principal encargo é instruir e treinar os integrantes do grupo de operações especiais, a classe VII.

Por ser uma continuação direta, os desenvolvedores foram prudentes em abrir alguma margem para aqueles que estão sendo introduzidos agora, e disponibilizaram algo mais amplo que um prefácio introdutório: existe um sumário. Ele apresenta informações abrangentes acerca do universo abordado, bem como de eventos passados e retratos de personagens. Apesar desse requinte útil, haja vista que o melhor seria experimentar os jogos anteriores, estar na condição de novato é estar longe do ideal para padrões de juízo e aproveitamento máximo; logo, o recomendável é retroceder: jogue Trails of Cold Steel e Trails of Cold Steel II em ordem cronológica, antes desse, – caso já não o tenha feito. É possível, no entanto, aproveitá-lo sem essa bagagem.

The Legend of Heroes: Trails of Cold Steel III

Dito isso, vamos a outras abordagens. Destaco que há múltiplos afazeres secundários, geralmente associados ao convívio social, lazer ou atividades escolares. Embora facultativas, em meio a numerosos combates e diálogos monótonos da campanha padrão, são missões que particularmente tornaram a jogatina diversificada e suave. Concernente às batalhas baseadas em turno, variadas e intuitivas, a essência se mantém em relação aos antecessores; todavia, nesse sentido, as adições comportam o Brave Order e o Break System. A propósito, habituar-se com os controles e com a dinâmica universal é algo que não tarda muito a acontecer; porém, se algo parecer confuso ou mal apreendido, não pestaneje em consultar o apêndice de suporte.

The Legend of Heroes: Trails of Cold Steel III

Os ambientes são bem modelados, assim como as suas texturas; mas graficamente não é um primor que se destaque: tudo foi feito com temperança; aliás, Trails of Cold Steel III não exige muitos recursos da máquina. Em especial, o esmero por parte da Nihon Falcom para com as expressões e gestos tem como produto cenas reproduzidas com naturalidade. Cuidado notável também é externado na ótima trilha sonora do JRPG, que complementa maravilhosamente o conjunto audiovisual. Demais, o trabalho de otimização no computador foi bem feito; nenhum problema digno de menção comprometeu a jogatina também.

The Legend of Heroes: Trails of Cold Steel III está disponível para Nintendo Switch, Playstation 4 e PC (Steam & GOG).

Uma cópia fora cedida benevolentemente pela distribuidora para fins de análise. Agradecemos o apoio.


Gostou do que leu? Acompanhe a gente nas redes sociais!

Siga Magnaway onde achar melhor: estamos no , , e na .

Usamos cookies para aprimorar sua experiência, como permitir veiculação de anúncios e manter preferências. Aceitar Conferir Política de Privacidade de Magnaway